Você sabe o que é uma água dura?

Muitas águas contêm os cátions de cálcio e magnésio. É a quantidade dos cátions citados, principalmente o cálcio e o magnésio, que determina a dureza da água. Se a água estiver apresentando teores desses cátions acima de 150 mg/L, então a água é dura; se estiver abaixo de 75mg/L, a água é mole; e se for entre 75 e 150 mg/L, a água é moderada.

A presença desses cátions dificulta a ação dos sabões na remoção da sujeira e da gordura. Os sabões são sais de ácidos graxos com uma longa cadeia apolar (hidrofóbica) formada por átomos de carbono e hidrogênio e uma extremidade hidrofílica. A longa cadeia polar é solúvel nas gorduras e a extremidade polar é solúvel em água. Desse modo, a parte apolar atrai as gorduras, possibilitando que a gordura desprenda-se na forma de pequenos aglomerados e, com todo o conjunto, é arrastada por água corrente.

A água dura não pode ser usada na indústria, pois pode haver o risco de acidentes como a explosão de caldeiras, também não é boa para cozinhar vegetais, pois eles endurecem em vez de ficarem mais moles.

A solução para abrandar a água é utilizar resinas para remover o cálcio e magnésio. Abaixo temos um tratamento de água em Balneário Camboriú. Utilizamos resina, tanque com válvula automática e dosadora de cloro. Capacidade de 2.700 litros/hora. Dureza em 250 mg/l.

Seu problema é esse? Temos a solução! Entre em contato hoje mesmo...